Vagas de emprego para no estado de São Paulo

Está pretendendo trabalhar em São Paulo? A região reserva boas oportunidades de trabalho e é importante estar atento a elas.

São Paulo é um dos maiores centros comerciais do país e quem almeja conseguir uma carreira, geralmente considera ir morar na região. O estado proporciona diversas oportunidades para as mais diversas carreiras e ainda que o mercado de trabalho seja bastante competitivo, separamos algumas informações que podem se úteis para vê.

A primeira delas é que o estado de São Paulo tem boas opções para quem está em busca do primeiro emprego e não possui nenhuma experiência do currículo. Isto é possível, pois a região dispõe de parcerias com grandes empresas que disponibilizam vagas através do programa jovem aprendiz.

A iniciativa permite que jovens entre 14 e 24 anos possam participar de uma seleção de emprego diferenciada e com condições de contrato exclusivas. O jovem aprendiz recebe uma remuneração equivalente ao seu tempo de serviço mensal, que não pode ultrapassar as 6 horas diárias.

Além disso, o funcionário contratado também pode ter acesso a cursos e qualificações profissionais referentes a sua atuação dentro da empresa. Este funcionário também deverá receber instrução ou monitoria para que desenvolva habilidades necessárias para o mercado de trabalho.

As grandes empresas que lideram o mercado em São Paulo como a Riachuelo, a Renner, as Lojas Americanas, o Banca do Brasil, a Caixa Econômica Federal e os Correios devem disponibilizar periodicamente um percentual de vagas para este público.

Portanto, quem está tentando uma vaga de emprego em São Paulo mas não dispõe de muita experiência, pode conseguir uma das vagas correios 2020por exemplo.

Com a quarentena, muitas vagas estão surgindo também para trabalho de home office. Diversas oportunidades para quem atua na área de Recursos Humanos estão disponíveis, assim como de redator e desenvolvedor mobile também. No geral, vagas relacionadas a área da tecnologia estão em alta na região.

Os profissionais que trabalham na área de programação, marketing digital, desenvolvimento de software, técnico em informática, administração de sistemas, administração de segurança de dados, entre outros, devem estar atento ao mercado de São Paulo, que é bastante promissor para trabalhadores da área da tecnologia.

Quem busca atuar na área do comércio vai encontrar oportunidades para a área de vendedor. Oportunidades para atuar em farmácias, lojas e empresas estão sendo constantemente anunciadas pelos sites de busca e oferta de emprego.

Você sabe o que um profissional de TI faz? Descubra essa profissão

A área da tecnologia é muito vasta e cheia de possibilidades. Se você tem afinidade com tecnologia, com certeza já deve ter ouvido falar no profissional de TI. Mas afinal, quais as funções desse profissional? O que ele faz? Descubra essa profissão lendo o texto a seguir:

O que é TI?

Quem acompanha o site deve ter notado que existem diversas possibilidades de atuação dentro do mercado da tecnologia, mas se existe uma profissão que está em alta e já é considerada uma das mais promissoras para o próximo ano, essa profissão está ligada a TI. Mas afinal, do que se trata essa sigla?

A sigla TI é referente à Tecnologia da Informação e vem do inglês Information Technology. Essa área é referente a tudo que está relacionado com a produção, gerenciamento, manutenção e acessar dados úteis para as empresas. Ou seja, todos esses dados que são gerados a partir de métodos tecnológicos e podem ser oferecidos para os colaboradores das empresas que consomem constantemente os serviços desse mercado.

Todos os negócios, dos pequenos aos grandes, precisam de uma base de dados para gerenciar sua empresa e ter possibilidade de crescimento e por isso, a área de TI é uma das mais promissoras. E as empresas já perceberam o retorno desse investimento para os seus negócios, como indica o recorrente crescimento no mercado de software brasileiro, de 2018 para cá.

O que o profissional de TI faz?

Agora que você já conhece o conceito de TI, pode estar querendo saber como de fato atua o profissional de TI no mercado de trabalho, quais as suas principais funções e as reais possibilidades de crescimento na carreira. Como você conferiu nos parágrafos anteriores, o trabalho do TI está relacionado com os dados erais de uma determinada empresa.

E vai ser justamente com essa base de dados que o funcionário de TI estará trabalhando. Em primeiro lugar, é necessário gerar esses dados, depois avaliar e lançá-los em computadores. Por isso, é necessário que o profissional tenha habilidades com software, hardware, engenharia de software e todos os níveis mais básicos de informática.

As resoluções técnicas são habilidades básicas, mas vale mencionar que é necessário também saber administrar os dados, elaborando estratégias de competição no  mercado. Ou seja, é preciso ter noção de negócios e administração.

Como a tecnologia está sempre evoluindo e se modificando, esse profissional também precisa estar atualizado, sempre acompanhando as últimas novidades de sua área.

Conheça os melhores cursos de graduação para quem ama tecnologia

A tecnologia já ganhou espaço no mercado há um tempo e quem opta por seguir essa carreira, vai encontrar um mercado repleto de possibilidades. Por isso, separamos algumas formações possível para você que ama tecnologia e gostaria de fazer carreira na área.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Vamos começar falando de um curso que está em alta no mercado: Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Quem gosta e entende de programação pode se dar muito bem nessa formação, uma vez que é essa a sua principal ferramenta. Durante a graduação, os estudante vão poder colocar em prática suas habilidades de programação e trabalha na elaboração e análise de sistemas informatizados.

O curso também conta com ensinamentos acerca de Rede de Computadores, Segurança da Informação e Manutenção de Software. Além dessas, muitas outras áreas da tecnologia serão abordadas.

Jogos Digitais

Agora vamos falar de um curso voltado para quem gosta da área de games: Jogos Digitais. Mas vale lembrar que as aptidões da área não são simples. O estudante precisa desenvolver habilidades de escrita, criação de conteúdo, elaboração de histórias, gráfico, modelagem, roteiro, entre muitos outros aspectos envolvidos em um bom jogo, seja de computador ou de vídeo game.

Por isso, para que o estudante possa sair da graduação com todas essas capacidades, c curso conta com aprendizados acerca de programação, computação gráfica, animação, roteirização, entre outros ensinamentos voltados para jogos digitais.

Engenharia Mecatrônica

Quem gosta de tecnologia, mas tende a usá-la mais de maneira física vai se identificar com o curso de Engenharia Mecânica. O curso ensina desde projetar robôs, até sua montagem e atuação nas indústrias. É nessa graduação, que os estudantes aprender a ordenar comandos automatizados para as máquinas e podem colocar em prática muitas operações diferentes.

Para os estudantes interessados nessa formação, vale a pena mencionar que o planejamento de conteúdo é bem vasto, indo desde Química até as Ciências Sociais.

Rede de Computadores

Por último, mas não menos interessante para os fãs de tecnologia em geral, temos o curso de Rede de Computadores. Quem se formar na área, estará apto para trabalhar no desenvolvimento e registo de projetos relacionados à rede com os intuitos mais diversos possíveis, a fim de melhorar um determinado serviço.

Justamente por essa necessidade de trabalhar com dados e análise, o estudante terá acesso a conteúdos como Comunicação de Dados, Linguagem de Programação Aplicada, Lógica de Redes e outras áreas que auxiliarão nos objetivos do curso.

Como aprender programação sozinho: Passos importantes

Não é novidade que  a programação é a profissão do futuro. Quase todas as áreas do mercado estão relacionadas a programação e por isso, quem quer fazer uma carreira no ramo da tecnologia deve considerar aprender o ramo.

Mas mesmo quem não vislumbra a programação como uma fonte de renda, pode encontrar oportunidades incríveis através dessa área e saiba que é possível começar a aprender sozinho!

Para isso, é preciso entender que existem alguns nomes que se tornarão familiares para você. Estamos falando de programas essenciais que quanto antes você aprender a utilizar, melhor será para que você avance no ramo da programação.

Java ou JavaScript

Recomendamos aprender a utiliza o Java ou o JavaScript, mas vale lembrar que você encontra outras opções na rede e pode se sentir mais a vontade com qualquer uma delas.

Mas antes de escolher, é interessante entender para que você precisa desses programas. Bem, a programação é constituída por uma linguagem única e aprendê-la é fundamental para começar a desenvolver programação.

Python

Vale lembrar que essas plataformas são consideradas relativamente completas para o intuito de aprender uma das linguagens da programação, mas como mencionado, você pode optar por outras linhas.

E temos opção o Python, que é considerado o mais fácil para quem está querendo aprender a linguagem de programação, além de bastante utilizado em diversas plataformas.

Cursos onlines

Depois de escolher uma das muitas linguagens disponíveis na programação a partir do seu interesse, é hora de começar a procurar um curso online para acelerar o seu aprendizado.

Como você pode notar, esse meio é repleto de singularidades e pequenas sub-áreas que precisam ser bem desenvolvidas e é considerável procurar uma direção através de um curso online. Você encontra muitas opções em conta e até sem custo na própria internet.

University Consortium

Você sabia que as empresas de programação estão cada vez mais interessadas em formar jovens nessa área? Por isso, o Google disponibiliza para seus usuários uma ferramenta chamada University Consortium.

Trata-se de uma ferramenta online que pode ser utilizada para aprender sobre programação e desenvolver novas elaborações de acordo com a sua área de afinidade.

Tutoriais

Uma outra ferramenta que você pode estar utilizando para aprender e praticar programação são os tutoriais disponíveis na internet, tanto em forma de PDF como em forma de vídeo.

Uma dica importante sobre esses processos é evitar os kits de programação, pois raramente ensinam algo exclusivo que você não pudesse ter acesso na própria internet.